O BBB vai destruir o que ainda resta dos valores sobre os quais foi construída nossa sociedade.

Sabe do que eu realmente ando meio cheio? Do tanto de gente que fala mal do BBB, do Pedro Bial e da Globo. Todos os anos, e isso já há dez, aparece esse monte de gente metendo o pau no tal do Big Brother Brasil. Os colunistas de jornais se sentem enojados com tanta desinformação. Os professores de português ficam revoltados com os erros linguísticos grosseiros dos participantes. Os religiosos, então, esses se sentem ultrajados com o constante troca-troca de casais, com os trajes sumários apresentados pelas garotas e pelos rapazes à beira das piscinas e, especialmente, com as liberdades sexuais exibidas ali, ao vivo, em rede nacional, para todas as residências brasileiras e nossas criancinhas indefesas acompanharem, muitas vezes com água na boca.

Olha. Longe de mim gostar do Big Brother Brasil. Para falar a verdade, o único desses reality show que eu cheguei a assistir, e ainda assim bem poucas vezes, foi um negócio que, se não me engano, passou antes mesmo do BBB ser lançado, chamado “Casa dos Artistas”, no SBT, e assim mesmo porque eu queria saber o que é que o roqueiro Supla estava fazendo ali, e tentar entender o que é que o filho do Eduardo e da Marta Suplicy estava aprontando dessa vez.

O que eu não me conformo é a importância exagerada que as pessoas dão para um reles programinha de TV. É, isso mesmo, apesar de toda aquela audiência, dos milhões de reais envolvidos e de todo esse bafafá em torno de seus integrantes, esse BBB é só um “programinha de TV”, feito para as pessoas se divertirem um pouco, darem umas risadas e irem dormir.

Não tem cabimento achar que a droga de um programa de TV tenha o poder de transformar, para pior ou para melhor, um país inteiro, uma cidade, ou até mesmo um ser humano apenas, desde que dotado de todas as suas capacidades mentais. Se fosse assim, o que não teria sido de nossas criancinhas que nasceram assistindo o Pica Pau transformar num verdadeiro inferno qualquer um que cruzasse o seu caminho? Ou de nossas adolescentes, que cresceram se requebrando e se vestindo com a Xuxa? Ou de nossos adultos, rindo das piadas idiotas de um “Zorra Total”?

Além do mais, não existe coisa mais fácil de se livrar do que de um programa de TV. Basta apertar um botão e CLICK, milagrosamente você está em outro canal.

Ou, ainda melhor. Sua televisão se desliga.

There are no comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: