Internet de bêbado não tem dono

– Que musiquinha é essa que tá tocando?

– É o meu celular.

– Isso eu sei, eu queria saber de quem é essa música?

– Como assim, de quem é essa música? Eu já falei, é do meu celular.

– É, mas se o seu celular toca uma música, ela é de alguém. E de quem é essa música?

– É minha, ué. Se ela está no MEU celular, dããã…

– Eu estou perguntando quem é que FEZ a música!

– Quem fez?

– É, quem fez! O que é que eu estou falando que é tão estranho assim? Se existe uma música, é porque deve ter alguém que fez a música, um artista, sei lá.

– É verdade… Taí uma coisa que eu nunca tinha pensado antes…

– Você nunca tinha pensado em quê?

– Que tinha alguém que fizesse as músicas.

– Mas… mas… você achava que as músicas vinham de onde?

– Da internet, oras. Como todas as outras.

– Mas as músicas sempre são de alguém!

– Nem vem com essa… Essa música aí do meu celular, pelo menos, eu tenho certeza que não é de ninguém porque fui eu mesmo que peguei na internet. Então é muito minha!

– Mas você acha que a música foi parar na internet como?

– Como? Oras, sei lá, na internet tem tanta coisa, se não tivesse, não era internet.

– Pois saiba que a música tem dono, sim senhor. E se ela está lá internet, foi porque alguém fez a música e colocou ela lá.

– Se você for pensar assim, vai acabar dizendo que tudo que está escrito lá na internet, também foi alguém que fez.

– Pois foi, é claro. Como é que você acha que as coisas aparecem escritas na internet? Por mágica? Sempre tem um escritor que escreve os textos, um jornalista, um professor…

– Até nos blogs?

– Até nos blogs.

– Mas e… mas e… e os vídeos?

– Alguém fez.

– E as ilustrações? As fotos?

– Também.

– Puxa vida, hem? Tanta gente fazendo coisas por aí, e a gente aqui, sem fazer nada.

– É verdade. Vamos fazer alguma coisa?

– Que tal mais uma partidinha de “Guitar Hero”?

– Tudo bem, eu começo.

DOING DOING ZIP ZIP DOING ZIP ZIP

– Sabe, eu estava aqui, pensando…

– Pensando o quê?

– Se tudo o que tem na internet foi alguém que fez, as músicas, os escritos, as fotos, os desenhos, bem, eu estava aqui, imaginando…

– Imaginando o quê?

– E os vídeo games, também foi alguém que fez?

– Os games? É claro que não, rapaz! Só me faltava essa agora…

– Ah, bom… Porque aí já era demais, né?

DOING DOING ZIP ZIP DOING ZIP ZIP

Uma resposta

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Karina Moraes, artur de carvalho. artur de carvalho said: Internet de bêbado não tem dono: http://wp.me/pFzuX-52 […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: