Qual é a diferença entra a Dilma, o Serra e o bambu?

Não sei se você sabe, mas proibiram o brasileiro de fazer uma das coisas que ele mais gosta. O Tribunal Superior Eleitoral, por meio da resolução 23.191/2009, baixou um decreto proibindo qualquer manifestação que “degrade ou ridicularize candidato, partido político ou coligação”. Quer dizer, agora, ninguém mais pode fazer piada de político. E não vai achando que é brincadeira não, porque é a mais pura verdade. Durante o período eleitoral, ninguém pode fazer qualquer gracinha envolvendo políticos ou partidos que se candidataram. Nem o “Planeta & Casseta”, nem o CQC, nem o “Pânico”. E nem você ou eu. Agora, me diga uma coisa. O que é que a gente vai ficar fazendo nos bares e nas lanchonetes nos nossos fim-de-tarde, enquanto tomamos umas cervejas?

– Você sabe qual é a diferença entra a Dilma, o Serra e o bambu?

– Pshhiuuuu… Fala baixo, rapaz!

– Como assim, fala baixo? É uma piada! Piada a gente fala alto!

– Pshhh… Então, conta outra que não tenha o Serra e a Dilma…

– Oras, mas sem eles, não tem graça!

– Então senta aí e fica quieto. Tá querendo ser preso?

– Mas, pombas, ninguém aqui do bar vai me dedurar, vai?

– Sei lá, as paredes têm ouvidos…

– Bem, tem aquela outra. Estavam num avião um argentino, um português e um brasileiro. Aí, o avião começou a cair, mas só tinha um pára-quedas e…

– Pode parar, pode parar… Essa eu já conheço!

– Você conhece mas a turma aí não conhece, ô estraga prazeres…

– Não é isso, é que eu sei o FIM da piada, e acho melhor você não contar.

– É, pensando bem, melhor mesmo. As paredes, né?

– Pshhhhhhh.

– Bem, tem aquela outra.

– Qual.

– Aquela, sabe, do Joãozinho? Que a professora perguntou para o Joãozinho “Ô, Joãozinho, quem proclamou a independência do Brasil?” e o Joãozinho respondeu…

– NÃO, ESSA NÃO! PELO AMOR DE DEUS!

– Mas pombas, nem essa?

– De jeito nenhum!

– Bem, aí fica difícil, hem?

– E que tal se a gente fizesse outra coisa, jogasse um truco?

– Boa idéia, vamos jogar umas cartas. Eu embaralho.

– Dá aqui que eu corto.

– Truco pra jogar.

– Seis, ladrão!

– Ladrão? Mas pode falar “ladrão”?

– Sei lá, o que é que vocês acham?

– Melhor não, melhor não…

– É, fala só “seis” que tá bom.

Uma resposta

  1. A gente não pode falar desses caras publicamente. Mas ainda dá pra rir do horário eleitoral. Antes que resolvam baixar alguma lei contra isso também.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: