Tudo faz parte de uma grande conspiração

Eu tenho mania de perseguição. É uma coisa que nasceu comigo e que – fazer o quê? – eu aprendi a viver com ela. Isso desde quando eu era pequeno. Tipos, durante toda minha vida de estudante eu sempre achei que ninguém gostava de mim. Muito mais que isso. Eu tinha certeza absoluta de que as pessoas nem sabiam que eu existia, fato que era facilmente comprovável, bastando você perguntar meu nome entre os alunos da escola – pesquisa, aliás, que nunca me arrisquei a fazer. Com o passar dos anos, minha mania de perseguição foi piorando, piorando e, aos poucos, se transformou numa grande capacidade de criar teorias conspiratórias. Em absolutamente todas as atividades humanas, eu construo uma teoria da conspiração, algumas delas tão boas que já chegaram a convencer muita gente. Até a mim mesmo. Só para citar um exemplo, eu tenho a Teoria dos Dentistas.

Veja você uma coisa. O ser humano já chegou na Lua. Já inventou aparelhos que se comunicam por meio de ondas invisíveis, transmitindo imagens e sons em tempo real. E os dentistas, até hoje, precisam cavocar o nosso dente até fazer um baita de um buraco só para curar uma cárie? Vamos ser sinceros. Tem alguma coisa errada aí. Alguém, em algum lugar, já deve ter inventado a cura para a cárie, mas e aí o que é que os dentistas iam fazer para ganhar a vida? Então, a JDI – Junta dos Dentistas Internacionais, ou coisa que o valha, deve ter dado uma grana para calar a boca do sujeito e os dentistas puderam continuar a exercer suas atividades normalmente.

No mesmo plano, os médicos. É uma coisa muito esquisita esse negócio de toda hora aparecer uma doença nova no pedaço. Uma AIDS ali, uma gripe aviária aqui, uma gripe suína acolá. E todo mundo sai correndo atrás dos seus médicos, pedindo medicamentos, exames, vacinas e internações que acabam por enriquecer ainda mais, além dos próprios médicos, toda a indústria farmacêutica.

E os carros? Com todo esse avanço tecnológico, porque é que ainda não inventaram um carro movido a água?  E até mesmo o carro elétrico, porque diabos está demorando tanto a chegar ao mercado?

E o Dunga? Vai dizer que não tem mão de alguma potência estrangeira por trás da escalação do Dunga para técnico da Seleção Brasileira, para ver se conseguem baixar um pouco a bola do Brasil, que já anda colocando muito suas asinhas de fora até na política internacional? Tá na cara que tem.

Esses caras, eles sabem muito bem o que fazem…

Uma resposta

  1. Tá, Artur. Em Veneza os turistas japoneses estavam te perseguindo também?🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: