Conversas depois do almoço

– Olha, tá aqui, ó, para quem quiser ver!

– O que é que está aí, querido?

– Dá uma olhada nessa notícia aqui, que saiu na Folha de S.Paulo de hoje. “Um estudo da Universidade Californiana de Berkeley revela que…

– Berke o quê?

– Ber-ke-ley, querida, Ber-ke-ley, na Califórnia!

– Berkeley. Califórnia. Tá.

– Pois então, como eu estava dizendo, “um estudo da Universidade Californiana de Berkeley revela que uma hora de sono à tarde pode tornar as pessoas mais inteligentes, pois serve para arejar a mente e melhorar a capacidade de aprendizagem”.

– E o que é que tem isso?

– Tem que toda hora que eu vou tirar uma sonequinha depois do almoço, você vem me acordar dizendo pra gente ir no banco, ir no supermercado e não sei mais o quê. Você está me deixando mais burro, entendeu? Mais burro!

– Eu não estou deixando ninguém burro. Se depois do almoço é a única hora que a gente pode fazer essas coisas, o que é que se há de fazer?

– E olha aqui, ó, tem mais.  “A descoberta reforça a hipótese de que o sono facilita o armazenamento da memória a curto prazo e permite espaço para novas informações”.

– Memória de curto prazo?

– É, é, memória de curto prazo e novas informações! Você tem que meter na cabeça que, toda hora que me acorda quando eu estou dormindo no sofá depois do almoço, você está fazendo com que eu não me lembre mais das coisas que eu tinha de fazer. E pior. Não me deixa espaço para enfiar coisas novas na cabeça! Depois, fica reclamando que eu não converso com você, que eu só reclamo do trabalho, que eu só falo de futebol e coisa e tal! É tudo culpa sua mesmo! Você está acabando com todo o espaço livre do meu cérebro!

– Puxa vida, mas como é que eu ia saber de uma coisa dessas?

– É, tem que se informar mais, mulher! E olha aqui, ainda “segundo a equipe de pesquisadores, permanecer muitas horas acordado leva a que nossa mente funcione a um ritmo mais lento.”

– Ah, então deve ser por isso que você é tão devagar…

– Eu sou muito o quê?

– Nada não, querido. Nada não. Pode continuar dormindo, então. Deixa que eu pego as crianças na escola e depois dou uma passadinha no banco, tá?

There are no comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: