Eu tenho medo de escuro

Eu te digo uma coisa. Todo o progresso da humanidade se deve a um único motivo. O medo do escuro. É verdade. Se você pensar bem, vai perceber que a primeira conquista científica do ser humano foi o controle do fogo. O homem, antes disso, era só um macaquinho meio careca, que vivia sendo gozado pelos outros macacos, todos bastante peludos e invocados. Mas, depois que descobriu como controlar o fogo, o homem nunca mais foi o mesmo. Ele ficou metido e saiu por aí, criando cidades, viadutos e shopping centers. O lance é que todo mundo acha que essa encanação do homem com o fogo era só porque ele sentiu necessidade de assar ou cozinhar as batatas e o coxão-duro dos mamutes. Mas não tem nada a ver. O homem queria controlar o fogo porque ele morria de medo do escuro – e também porque ele precisava arrumar um jeito de iluminar o diabo daquela caverna que ele morava e vivia dando topadas com o dedo do pé na pedra da sala toda vez que se levantava de madrugada para fazer xixi.

E depois do fogo, qual foi o próximo passo do homem em direção ao progresso? Foi a eletricidade. Tudo bem, você pode dizer que o homem inventou a roda antes da eletricidade, e que a roda também mudou o rumo das coisas. Pois eu digo que não mudou. A roda só acelerou as coisas, entende? Com a roda, nós passamos a andar mais rápido, mas continuamos a fazer mais ou menos as mesmas coisas que fazíamos antigamente. Mas o fogo e a eletricidade não. Essas coisas MUDARAM o comportamento humano. Com o fogo, o homem podia dormir mais tarde, por exemplo, e em vez de ir para a cama junto com o pôr do sol, ele podia dar umas voltas pelo bairro para dar uma desanuviada nas idéias. E com a eletricidade então, nem se fale. A eletricidade mudou a face da Terra. Olha só quanta coisa depende da eletricidade para funcionar. Só que, primeiro, surgiu a lâmpada. E por que a lâmpada, e não o liquidificador? Ou o microondas? Oras, por causa do medo do escuro. Para mim, é bastante óbvio que o homem inventou a eletricidade só para ligar a lâmpada. As outras coisas foram apenas um lucro extra e…

– Tudo bem, querido. Mas acho que três pacotes de vela está bom.

– Nunca se sabe. Fiquei sabendo que as luzes se apagaram de novo no Rio, outro dia desses…

– Tá, então pega mais um pacote e vamos embora.

– E as pilhas? Você já pegou as pilhas para as lanternas?

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: