3 hipóteses sobre o apagão e uma piada do tweeter

Foram os Estados Unidos

Os Estados Unidos, como é de conhecimento de todo o planeta, estão vivendo uma baita crise financeira e de identidade. Seu poder sobre o mundo está diminuindo quase tão rapidamente quanto o extrato bancário dos seus contribuintes. E, para ajudar, os Estados Unidos perderam a disputa pelas Olimpíadas para o… Brasil! Eles devem estar inconformados. Como é que pode perder uma disputa dessas para um paisinho de terceiro mundo, cuja população até outro dia desses ainda almoçava padres nas florestas amazônicas? Existe, então, a hipótese de que seus aliados tenham espalhado bombas em alguns pontos do sistema elétrico brasileiro e, encobertos pelo tumulto de um apagão, começassem a divulgar pelo tweeter que o Brasil não tem condições técnicas para uma competição desse naipe.

Foi o Fernandinho Beira-Mar

Não sei se você viu, mas justo no dia do apagão, ou um dia antes, o Fernandinho Beira-Mar estava sendo transportado para lá e para cá, lá em Campo Grande, para ser julgado por alguns de seus crimes. Existe, então, a hipótese de que seus aliados tenham espalhado bombas em alguns pontos do sistema elétrico brasileiro e, encobertos pelo tumulto de um apagão, facilitassem uma operação de resgate do facínora. Contra essa hipótese está o fato de que o Fernandinho continua lá, preso, mas talvez o que tenha acontecido é que a coisa toda estourou um pouco antes, ou um pouco depois, e o Fernandinho já estava bem trancado quando as luzes se apagaram. Bem, pode não ser uma boa hipótese, mas que é um grande roteiro de filme, é.

Foi o José Serra

Tudo bem. O José Serra está aparecendo em primeiro lugar com folga em todas as pesquisas sobre a intenção de voto para presidente. Mas o José Serra é um homem esquisito. Aquelas olheiras dele me dão a impressão de que ele está maquiado para fazer o papel de zumbi num filme do George Romero. E ele fez aquela lei anti-fumo, passando por cima da constituição e dos nossos direitos individuais. Quer dizer, o homem acha que pode salvar o país. Talvez até mesmo o mundo. E que, para atingir seus fins, não importam os meios. Existe, então, a hipótese de que seus aliados tenham espalhado bombas em alguns pontos do sistema elétrico brasileiro e, encobertos pelo tumulto de um apagão, comecem a fazer uma campanha dizendo que o governo Lula não deu a atenção necessária para o sistema elétrico brasileiro e tudo o mais. Aliás, a gente já está até ouvindo umas conversas sobre isso. É para se pensar.

Foi Itaipu

Diz a lenda que, no dia do apagão, quando os funcionários de Itaipu estavam saindo, gritaram para o estagiário lá dentro: – Quando sair, não esquece de apagar a luz!

There are no comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: