O pum das vacas

Tem coisa que faz mal, mas parece que ninguém dá a mínima importância.

O pum da vaca, por exemplo. Já está mais do que provado que o pum da vaca polui muito mais do que os automóveis. É isso mesmo. Não sei se você sabia disso, mas o somatório dos puns de todos os rebanhos bovinos existentes produz uma quantidade tão grande de gases tóxicos que, se ninguém fizer nada, a vida no planeta vai se tornar praticamente inviável para os seres humanos.

Para você ver só uma coisa, o metano, que é o gás que as vacas emitem, é 23 vezes mais poderoso que o dióxido de carbono, que é o gás que os carros produzem. Aliás, o pum da vaca é também o principal responsável pelo mais conhecido problema ecológico que a humanidade enfrenta, do qual até mesmo nossas crianças da mais tênue idade já ouviram falar: o execrado buraco na camada de ozônio, que fará, segundo os cientistas, com que o planeta Terra não arda em chamas – como nas mais conhecidas profecias – mas cozinhe em fogo brando tal qual um enorme pudim de leite condensado.

Só que, apesar disso tudo, muito pouco se tem feito a respeito do problema das vacas e dos seus respectivos puns. Quanto aos automóveis, por exemplo, o mundo já vem, há muitos anos, tomando várias medidas para conter seu poder ozônico-destrutivo. Já inventaram filtros para conter a emissão de gases. Criaram combustíveis menos poluentes, como o etanol. E própria indústria automobilística vem investindo cada dia mais em modelos alternativos, como os carros elétricos ou os movidos a hidrogênio.

E quanto às vacas? As vacas continuam por aí, pastando, com seu olhar complacente, como se não estivessem nem aí para a sua condição de alimentação predileta do ser humano, especialmente os do sexo masculino em dias de folga.

Mas a mim é que elas não enganam. Eu já venho pensando no assunto há um bom tempo, e cheguei à conclusão que tudo não passa de uma guerra silenciosa das vacas contra o homem. Sem que percebamos, e em troca de uns reles filés e picanhas mal passadas, estamos aceitando com passividade bovina o extermínio da espécie humana. Pois é chegada a hora de revidarmos! Eu proponho um ataque maciço e bem organizado contra todos os bois, vacas e bezerros que encontrarmos pela frente! E que seja ainda nesse final de semana!

- Tudo bem, eu entro com o carvão e os pãezinhos!

- Minha mulher leva a salada e os molhos!

- E a cerveja? Quem leva a cerveja?

2 Respostas

  1. Nossa Artur
    p’ro tanto de vaca no mundo… tinha q juntar pelo menos uns três p cerveja, né?

    • ééé… e a caipirinha, quem é que faz? tem os molhos também, eu faço um de alho e salsinha que fica uma delícia…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: